top-memorial-brasil-artes-cenicas-nordestina
 
  marcas_topo_site3
           
Marcelo Sena PDF Imprimir E-mail

Marcelo_foto_2Marcelo Sena é bailarino, coreógrafo, músico, produtor e jornalista, coordenador e fundador do Movimento Dança Recife e diretor e artista-pesquisador da Cia. Etc., com criações em dança, vídeodança e música.

Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, pela Universidade Federal de Sergipe (2001) com especialização em Dança – Práticas e Pensamentos do Corpo pela Faculdade Angel Vianna/Compassos Cia. de Danças – Recife/PE (2010/2011). Em sua monografia de conclusão de curso criou o site "Arquivo Cultura", com entrevistas de artistas falando sobre suas histórias; publicou o fanzine de dança FOCO, entre 2003 e 2004; manteve a revista eletrônica de dança MOVIMENTO EM REVISTA, entre 2007 e 2009. Também foi pesquisador do Acervo RecorDança, integrando os projetos: Manutenção do Acervo RecorDança (2010/2011), Acervo RecorDança – História do Tempo Presente (2008-2009), RecorDança On Line (2006-2007) e Criação do Acervo RecorDança (2003/2005). Tem uma trajetória em jornalismo cultural, a partir de iniciativas próprias e de serviços de assessoria de imprensa para diversos grupos e instituições culturais. Mantém o site do Movimento Dança Recife, desde 2004, em funcionamento com informações sobre políticas públicas para a Dança em Recife. É editor e um dos autores do livro "Pele e Ossos: escritos sobre uma pesquisa prática". Foi convidado como crítico para o evento Red Sudamericana de Danza, o XIII Janeiro de Grandes Espetáculos, Festival Vale Dançar – SESC Petrolina e I Mostra de Artes Cênicas de Triunfo. Atualmente participa como um dos 4 convidados nacionais do projeto "Crítica com a Dança", do jornalista e crítico Joubert Arrais (CE), por meio do Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna.

Na área da dança, tem formação em dança moderna, clássica, popular e contemporânea, passando por diversos professores. Fez aulas de dança clássica com Letícia Beatriz e Waldo Sandes (SE), Adriana Cecolim (SP), Sandra Rino (PE), Leonardo Ramos (PE/SC), Soninha (BA) e Duda Braz (SP/PE), dança afro com Ronaldes Sant'ana (SE), capoeira de angola com Robson Martins (SE), frevo com Jaflis Nascimento (PE), técnica Graham com Nelma Seixas (BA), técnica Mariane Isson com José W Júnior (PE), dança moderna com Mathias Santiago (BA), dança contemporânea com Clara Trigo (BA), técnica Cunnighamm com Gícia Amorim (SP), dança contemporânea com Cristina Castro (BA), Raimundo Branco, Ivaldo Mendonça, Giorrdani Gorki – Kiran, Mônica Lira, Liana Gesteira(PE), Clyde Morgan (EUA) e Sandro Borelli (SP).

Como diretor artístico, participou de "À Flor da Pele", "Feira de Cordéis", "Fauno", "Silêncio", "Sobre Nossos Corpos", "Por Onde os Corpos Passam" e "Entre 0 e 1" (Cia. Etc.), "Vermelho" (Ateliê de Coreógrafos Brasileiros – BA) e "Em Anexo" (Compassos Cia. de Danças). Como coreógrafo criou "O Homem Que Amava Rapazes" (Cia. Etc.), como criador-intérprete participa de "Corpo-Massa: Pele e Ossos" (Cia. Etc.), como assistente de coreografia de "Silêncio", "Vermelho" e "Fervo" (Valéria Vicente) e como diretor e bailarino, de "Imagens Não Explodidas" e "Dark Room" (Cia. Etc.). Participou dos seminários Dramaturgia da Dança com Cássia Navas (SP); O que é Dança Contemporânea? com Thereza Rocha (RJ); Política, Estética e Profissionalização na Dança Popular Cênica com Paulo Rubem, Arnaldo Siqueira e Valéria Vicente; Dança e Educação: ensinos e reflexões, com Arnaldo Alvarenga (MG), Projeto e Criação em Dança: Revendo a Lógica da modernidade; Relação entre dança, lógica e coreografia, com Helena Katz e Luiz Fernando Bongiovani (SP), Escrevendo com a Dança, com Joubert Arrais, entre outros.

É diretor e artista-pesquisador da Cia. Etc., companhia criada em 2000 e que tem um trabalho de desenvolvimento de criações artísticas em dança e videodança. Foi coordenador pedagógico do Curso de Dança Contemporânea, pelo Programa Qualifica Pernambuco, da Secretaria de Juventude e Emprego/PE, além de produtor e coordenador dos projetos "Pesquisa Prática Pele e Ossos", "10 Anos de Cia. Etc." (Funarte), do "Projeto Plantando Dança Etc." (aulas gratuitas de dança em Camaragibe-PE). Foi também produtor das criações de Valéria Vicente: "Fervo" (Correios e Funarte) e "Pequena Subversão" (Itaú Cultural), "Bolhas em Interface", e "Imagens Não Explodidas" – Cia. Etc. (Fomento às Artes Cênicas da Prefeitura do Recife), da Plataforma Recife de Dança / 2006, 2007, 2008 e 2009 (Funcultura e Prefeitura do Recife). Atualmente coordena o projeto de manutenção de pesquisa da Cia. Etc. "Contribuições entre o Corpo e o Vídeo" (Funcultura).

Na área de música, teve sua formação entre 1994 e 1997, com os cursos de piano clássico, piano popular e teclado com Amélia Virgínia (BA) e de Teoria Musical com Lindimar Oliveira (BA). Entre 1995 e 1997 faz parte da Banda Aldeia Um (BA), e em 1999 ingressa no Conservatório de Música de Sergipe, fazendo o curso de Piano Clássico. Tem ministrado diversas palestras sobre música para a dança. Tem-se destacado pela composição de trilhas sonoras originais pra espetáculos de artes cênicas.

 
FacebookGoogle BookmarksGoogle BuzzLinkedinMySpaceTwitter