top-memorial-brasil-artes-cenicas-nordestina
 
  marcas_topo_site3
           
Paralelo Cia. de Dança PDF Imprimir E-mail

paralelo_ciaA Paralelo Cia. de Dança, companhia paraibana de dança contemporânea, nasceu no ano de 2004, contando, atualmente, com 8 anos de existência, possuindo sede fixa no Centro Histórico da cidade de João Pessoa/PB. Possui, em seu elenco o total de 4 (quatro) bailarinas, as quais desenvolvem regularmente atividades artísticas na área de dança, a exemplo de montagem, temporada, circulação e apresentações avulsas de espetáculos de dança, além de oferecer, semestralmente, um curso de dança contemporânea para bailarinos de outras companhias. Com o decorrer do tempo a companhia foi se consolidando no cenário da dança estadual e do Nordeste, mediante o reconhecimento da crítica, pela coerência de seu trabalho e, também, por meio de prêmios e subvenções municipais e federais que concederam patrocínio para que as suas atividades pudessem ser aperfeiçoadas.

Em seu repertório constam 6 (seis) espetáculos, sendo o primeiro deles construído no ano de 2004, sob o título de "A sombra do que fomos nós". Ainda em 2004, durante a XI - Mostra Estadual de Teatro e Dança, referido espetáculo ganhou os prêmios de 'Melhor Espetáculo de Dança – 1º lugar' e 'Melhor bailarina' (Joyce Barbosa), sendo ainda indicado nas categorias 'Melhor bailarino' (Canízio Vitório) e 'Melhor coreografia em dança'. Com isso, teve a chance de se apresentar no X FENART, dividindo o palco com a Stacatto Cia. De Dança, do Rio de Janeiro.

No mesmo ano a Paralelo Cia. de Dança idealizou e montou o espetáculo "Provérbios, 1", que teve sua estreia durante o X FENART – Festival Nacional de Arte, em João Pessoa/PB e, mais adiante, no Teatro Santa Rosa, juntamente com a Parangolé Cia. De Dança de João Pessoa/ PB, numa noite de espetáculos de Dança.

Em 2005, com seu mais novo espetáculo, "Dois cânticos e Uma canção" , a Paralelo arrebatou seis prêmios na XII Mostra Estadual de Teatro e Dança, sendo eles: Melhor iluminação, Melhor coreografia em dança, Melhor direção, Melhor trilha sonora, e, novamente, os de Melhor bailarina (Joyce Barbosa), e Melhor Espetáculo de Dança – 1º lugar, tendo indicações de Melhor produção, Melhor maquiagem e Melhor bailarina (Lília Maranhão). Assim, teve a oportunidade de dividir o palco com o bailarino pernambucano Ivaldo Mendonça na noite de espetáculos do XI FENART, no mesmo ano.

Em 2006, novamente conquistou prêmios na Mostra Estadual de Teatro e Dança, realizada em João Pessoa/PB com o espetáculo "Malaki: as cores da Paixão". Este venceu: Melhor figurino, Melhor Trilha Sonora, Melhor Maquiagem e Melhor Espetáculo de Dança - 1º lugar, sendo indicado nas categorias de Melhor Direção, Coreografia em Dança, Produção, Cenografia e Iluminação.

No ano de 2007 foi a vez da montagem do espetáculo de dança intitulado "As 3 irmãs", inspirado no livro homônimo do teatrólogo russo Anton Tchekhov. Na XIV Mostra Estadual de Teatro e Dança, referido espetáculo foi contemplado com os prêmios de Melhor trilha sonora, Melhor Direção, Melhor Bailarina (Lília Maranhão) e Segundo Lugar em Dança. Sendo, ainda, indicado nas categorias Melhor coreografia, Melhor figurino e Melhor Bailarina (Joyce Barbosa).

Durante o ano de 2008, a Paralelo Cia. de Dança foi selecionada para participar do maior festival de dança do mundo, o Festival de Joinville/SC, ocasião em que pôde representar a Paraíba em evento de tamanha importância a nível nacional. No mesmo ano, a Companhia foi a primeira dentre as companhias de dança da Paraíba a serem contempladas com o Prêmio Klauss Vianna de Dança, promovido pela FUNARTE – Fundação Nacional de Arte /PETROBRAS, o que possibilitou a montagem e a temporada de três finais de semana do seu mais novo espetáculo - "O Castelo" (2009) - inspirado na obra de Franz Kafka, durante o mês de outubro, no Teatro Sta. Roza.

Em 2009 a Companhia foi vencedora do Edital de Cultura da Prefeitura Municipal de João Pessoa – PB, instituído através da Lei de Incentivo à Cultura, que criou o Fundo Municipal de Cultura (FMC), através do qual pode realizar, na cidade de João Pessoa, uma temporada de apresentações do espetáculo "As 3 irmãs" no mês de junho de 2010.

Durante o ano de 2010 a Paralelo venceu pela segunda vez o Prêmio Klauss Vianna de Dança (RJ), organizado pela FUNARTE – Fundação Nacional de Arte, o qual possibilitou a realização de uma turnê por oito cidades no Nordeste (Campina Grande e Areia, na Paraíba, Mossoró e Natal, no Rio Grande do Norte, Fortaleza e Cascavel, no Ceará e Recife, em Pernambuco) com o espetáculo de dança "As 3 irmãs", inspirado na peça de teatro de Anton Tchekhov nos meses de março a junho de 2011. Ainda no meio de outubro daquele ano participou do SESC Palco Giratório e de sua residência, com a companhia mineira Mimulus. Ambas tiveram a possibilidade de dialogar em um intercâmbio e mostrar seus trabalhos: a Mimulus, "Dolores" e a Paralelo, "O Castelo".

Além disso, no ano de 2011, teve a oportunidade de participar de importantes festivais locais, quais sejam, o Festival de Artes de Areia, o Festival Aldeia SESC, em João Pessoa/PB, na cidade de Areia/PB e o Festival de Inverno de Campina Grande, em Campina Grande/ PB, onde apresentou os espetáculos "Dois Cânticos e Uma Canção" nos primeiros, e no último o espetáculo "As 3 irmãs".

Recentemente a companhia tem investido na criação de uma intervenção para espaços públicos urbanos intitulada de "Experimento Pina". A partir de tal proposta a companhia busca incorporar-se na compreensão do diálogo corpóreo-criativo da coreografa alemã Philippine Bausch, mais conhecida como Pina Bausch, falecida em 2009, cujas obras coreográficas, como "Café Müller", "Águas", "Bandoleon", "Waltz" etc advinham de suas

experiências pessoais como bailarina-intérprete, coreógrafa e diretora artística do Tanztheater Wuppertal, assim como das histórias de vida dos próprios bailarinos. Tal intervenção urbana teve sua estreia durante a edição de 2011 do Festival Mundo, realizado na cidade de João Pessoa/PB.

Para saber mais sobre a Paralelo Cia de Dança clique nos links abaixo:

Integrantes 

Trabalhos

Site

Fotos

Veja abaixo uma entrevista da Paralelo Cia de Dança

 

 

 
FacebookGoogle BookmarksGoogle BuzzLinkedinMySpaceTwitter