top-memorial-brasil-artes-cenicas-nordestina
 
  marcas_topo_site3
           
Tiago Tao PDF Imprimir E-mail

Tao_foto_reduzidoBacharel em Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda pela UCSAL, Tiago Alves de Oliveira, mais conhecido como Tiago TAO é produtor cultural, assessor de comunicação e projetos e sócio da Cambuí Produções.

Após ingressar na faculdade, recorre ao Centro de Voluntários da Bahia com interesse em trabalhar em alguma área para obter a experiência, e o Circo Picolino foi o local indicado. Depois de assistir o espetáculo "Guerreiro" (cuja temática é sobre o cinema e Glauber Rocha), produz juntamente com alguns colegas o Cabaré Picolino, no ano de 2002, o que o leva trabalhar no Núcleo de Comunicação do Circo, desempenhado diversas funções: comunicação interna, relações, públicas, assessoria, acervo, desenvolvimento de projetos, etc. Durante sua estadia no Picolino, faz parte da coordenação editorial do Almanaque Picolino, que comemora 18 anos do Circo, em 2004; trabalhou na execução das releituras do espetáculos do Circo em 2005, comemorando os 20 anos da trupe; produtor executivo do documentário Picadeiro Eletrônico, em 2006; também exerce a função de articulador da Rede Mundo de Circo. No ano seguinte, deixa o Circo Picolino com convites de trabalho.

Em 2007, escreve e assessora projetos do Circo Dallas, que conquista o edital Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo 2007, faz a assessoria de projetos da Associação Cultural Beneficente Circo Maravilha. A partir daí, Tiago passa a escrever projetos para diversos circos no ano seguinte, e conquistando editais, como Prêmio Funarte de Aquisição de Lonas de Circo 2008, Edital BNB de Cultura 2009; Edital Fura-Fura de Montagem e Circulação de Espetáculos de Circo 2009, Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo 2009; Programa Petrobras Cultural 2010 (Circo Dallas); Edital BNB de Cultura, Edital Bolsa Funarte de Criação Artística, Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo 2009; Edital Fura-Fura de Montagem e Circulação de Espetáculos de Circo 2009 (Circo Maravilha); Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo 2009 (Circo Kadoshy – Projeto Circomédia; Circo Washington – Projeto Circo-teatro na Bahia; Grupo Nação Circense – Projeto Trilha Circense: Contos Africanos), entre outros.

No início de 2009, funda a Cambuí Produções, que atualmente tem como sócios Aléxis Góis e Ravi Santiago, e a partir daí abre o leque para produções em várias áreas além do circo, como música, audiovisual, literatura, entre outros. É possível ter acesso ao portfólio no site www.cambuiproducoes.com. Também integra a Cardim Produções e Soluções Integradas desde 2009 como produtor cultural, na elaboração e enquadramento de projetos.

Tiago também elaborou projetos que foram contemplados para diversas linguagens artísticas como Fundo de Cultura do Estado da Bahia – 2009 (Projeto Redenção – 50 anos de cinema baiano); Edital de Elaboração de Roteiros Cinematográficos de Longa-metragem 2009 (Projeto Maria 12 Homens na Independência da Bahia); Programa Petrobras Cultural 2010 (Projeto Circo Dallas – O maior espetáculo da Terra); Edital Manoel Lopes Pontes de Montagem de Peças de Teatro 2010 (Projeto As Velhas); Programa Mestres da Cena 2010 (Projeto Monstro – 50 anos de carreira de Yumara Rodrigues); Edital Cine Mais Cultura Bahia (Projeto Cineclube Roberto Pires no Camugerê Capoeira); Programa BNB de Cultura 2010 (Projeto Fotopoética – ou a arte de transver o mundo); Prêmio Procultura – Circo, Dança e Teatro – 2010 (Projeto Na Trilha Circense); Prêmio Funarte Petrobras Carequinha de Estímulo ao Circo 2011 (Projeto Palhaço Chupeta – Causos e Histórias sob a lona do Circo Dallas); Lei Rouanet – 2011: Projeto Bahia Jazz Festival, da Mecenas Entretenimento; Projeto Epé Laiyé – Terra Viva, da Iglu Filmes; Projeto Black is Beautiful, de Karol Guaitolini; Projeto Tempero no Forte, de Djanira Dias; Projeto Labmilo, da Cardim Projetos; Projeto Um Caso de Língua, da Cardim Projetos; Projeto Cine Coelba na Estrada, da Lilás Produções; Projeto O Amor em Movimento, de Taís Nader; Projeto Atemporal, de Alex Mesquita; Projeto Uma Vez Nada Mais, da Cardim Projetos; Fundo de Cultura do Estado da Bahia – 2011: Projeto Quem Tem Medo das Ginas, Projeto Occa Digital, Projeto Festit 2.

Atualmente, e junto com a Cambuí Produções, pretende fazer a 2ª Grande Mostra de Cinema em 9 cidades do interior com a temática do circo, ou seja, passar filmes de circo dentro dos próprios circos.

 
FacebookGoogle BookmarksGoogle BuzzLinkedinMySpaceTwitter